ALTERAÇÃO DO ENDEREÇO

sábado, 28 de novembro de 2009

-" OFENSAS AOS PORTUGUESES "

« claro que há brasileiros com a cabeça no lugar »

Um brasileiro sem preconceitos e consciente dos valores que nós,
brasileiros e portugueses, deveriamos, orgulhosamente, partilhar, expressa a sua opinião sobre as causas da infeliz "brincadeira" que Maitê Proença quis fazer com os portugueses.
Permito-me acrescentar que subscrevo, inteiramente, a opinião do autor. Mais, ainda, recordo o texto que publiquei, neste blogue, em 25.10.2008, com o título "A 5ª coluna da Lusofonia" e destaco a estranha coincidência que parece haver entre ele e o colunista da "Folha de São Paulo".

" Ofensas aos portugueses: Maitê Proença apenas repetiu a mídia
Autoria de Rogério Mattos Costa, de Madrid.

( leia este interessante e esclarecedor artigo em
http://rosadosventos2.blogspot.com/ )


5 comentários:

Eliana Gerânio Honório disse...

Grande abraço!
Amo Portugal...!

Portojo disse...

Pelo que me foi dado a conhecer, a revolta contra a Dona Maitê,se não foi geral, foi quási. E também sei que os brasileiros nos respeitam, da mesma forma que os respeitamos a eles.Falo do povão em geral. Mas que é bom ler de um brasileiro esta prosa, lá isso é.
Um abraço
Jorge Portojo

Gisele Claudya disse...

Bem, há coisas que ouço falar desde que nasci e que não mudam. Brasileiros implicam com os argentinos, portugueses implicam com os espanhóis, que turco é econômico, que francês não toma banho etc etc... e que, fora do Brasil, muita gente acha que o brasileiro não trabalha, que só quer saber de praia, futebol e carnaval e que as brasileiras saem daqui para se prostituirem.
Isso é o que generalizam, claro. Semrpe digo que defeitos e qualidades são características do ser humano e não de uma nação.
Assim sendo, digo e repito: semrpe respeitei todos os povos e AMO PORTUGAL e o defenderei sempre. Jamais repasso piadas pois não gosto de incentivar esse generalização que existe desde sempre.
Por isso, tenho a consciência tranquila pois respeito todos os povos. E quanto a maitê, fiquei triste pois ela é uma pessoa pública e deveria respeitar o povo português. Se quis fazer gracinha, se deu mal pois o vídeo dela é um nojo.
Amo todos os povos e respeito todos. Lembrem-se disso. Pode ser que, com a Internet, a gente consiga unir mais o mundo.
Beijocas

b disse...

A mim não importa Maitê ou a opinião de qualquer "Global".
Brasileiros e portugueses, se odeiam e se amam mùtuamente e têm entre si, uma inveja - cada qual por seu motivo peculiar.
Que pensem.

Canojones disse...

Estou no Brasil, cheguei domingo, razão por que, com os preparativos, pouco uso tenho feito da Net nestes últimos dias.
Este artigo está bastante bom, mas, na minha opinião, é omisso nas razões pelas quais a Inglaterra e, atualmente, os Estados Unidos ascenderam a potências marítimas: a Inglaterra após a destruição da Armada Invencível - sob o comando de Francis Drake, o tal chefe pirata citado no artigo e a qauem foi dado o título de "Sir" -, na qual estava incluída a nossa Armada, no tempo da Dinastia Filipina; e os Gringos, que emergiram da destruição da Europa pela Segunda Guerra Mundial.
Agora, aqui nos Brasis, vou ter pouco tempo para isso, mas gostaria de dar umas achegas, como complemento, a esse artigo que reputo de muito oportuno e prenhe de substrato.