ALTERAÇÃO DO ENDEREÇO

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Corpo sem memória

Todos os meus versos começam em ti
Para acabarem em secreto esquecimento
Num chão de folhas caídasMadeira outrora reflorida
Com pomos vermelhos de cristal
Sepultados no ventre da terra
Onde bate o coração do silêncio
Onde te vou perdendo
Seremos apenas saudade
Entre nós a distância do brilho
Das estrelas
Velas mirrando nas
Madrugadas sentidas
Vigilantes apenas os espelhos
Que me atiram para dentro de mim
Perdida em becos quotidianos
E os olhos morrendo
Na busca incessante
do corpo sem memória.

Maria João Nunes

Publicada no blogue "A Arroba das Palavras"

1 comentário:

Arnaldo Norton disse...

RESUMO DOS SURPREENDENTES COMENTÁRIOS FEITOS A ESTE TEXTO NO BLOGUE "NOVA ÁGUIA"


Blogger Paulo Borges disse...

O corpo parece esculpido em pedra. Posso saber de quem é a tão interessante foto?

21 de Outubro de 2008 13:44
Eliminar
Comentário eliminado

Esta mensagem foi removida pelo autor.

21 de Outubro de 2008 19:39
Eliminar
Comentário eliminado

Esta mensagem foi removida pelo autor.

21 de Outubro de 2008 19:44
Eliminar
Comentário eliminado

Esta mensagem foi removida pelo autor.

21 de Outubro de 2008 19:46
Eliminar
Blogger lusograph disse...

sonhos e memórias

não existe nenhum corpo sem memória
e este foto é cheio de sonhos
em cada dobra encontro mil desejos

21 de Outubro de 2008 19:48
Eliminar
Blogger Paulo Borges disse...

Adoro comentários eliminados. Recordam-me a liberdade que já houve.

E os mil desejos que perduram...

21 de Outubro de 2008 22:36
Eliminar
Blogger Ariana Lusitana disse...

Oportuno.Quero mais fotos noutras posições.

21 de Outubro de 2008 23:55
Eliminar
Blogger Ariana Lusitana disse...

Eu apostava que a foto foi tirada pelo namorado, na menor das hipóteses por um cliente.

21 de Outubro de 2008 23:55
Eliminar
Blogger Ariana Lusitana disse...

Nada disso o lusograph é que é um perfeccionista.

22 de Outubro de 2008 0:05
Eliminar
Blogger Ariana Lusitana disse...

Mil e uma.

22 de Outubro de 2008 0:06
Eliminar
Blogger Romeu disse...

Corpo sem memória de si mesmo. Mas que, à maneira de uma ostra, que guarda uma pérola belíssima como memória de um segredo inacessível; tal corpo guarda o SEGREDO de uma memória belíssima que se esconde agora, sem o saber,nesse corpo sem memória!

25 de Outubro de 2008 0:07
Eliminar
Blogger Arnaldo Norton disse...

Cara ariana lusitana!
É pena Você só ter coragem de fazer comentários a coberto do anonimato. Tenho a certeza que, de outro modo, não teria coragem de fazer comentários de tão baixo nível.
Como é o ditado popular?...cada um julga os outros por si...não é?

26 de Outubro de 2008 23:43
Eliminar
Blogger Ariana Lusitana disse...

Como me apagaram o comentário, tenho a dizer-lhe: vá...

E o meu nome está no meu perfil.

29 de Outubro de 2008 0:08
Eliminar
Blogger Ariana Lusitana disse...

Afinal o lusograph não sabe é escrever português, e liberdade não precisa, a Alemanha é um país livre para todos, Turcos incluídos e outros que vivem à custa do trabalho dos alemães.

29 de Outubro de 2008 5:40
Eliminar
Blogger Ariana Lusitana disse...

A foto é de um site porno.

29 de Outubro de 2008 5:41
Eliminar