ALTERAÇÃO DO ENDEREÇO

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

« Teus Beijos »


São uvas teus beijos
Esferas suculentas
A estourar no céu da boca
Escorre a saliva em puro vinho
Vinho suave
Da tua boca para a minha
Amado Baco
Sempre com sede de ti
Embriagada pelo teu amor.

Poema de Adriana Costa, anteriormente publicado em Versos Bárbaros e Overmundo
Ilustração: Arquivo pessoal e arte digital da própria autora.

3 comentários:

Arnaldo Norton disse...

Querida amiga! Está ou não está certo o que escrevi sobre ti no comentário sobre os Pecados Mortais?...
Não há dúvida!... Toda tu és poesia...
Que beijo mais delicioso...
Dá-nos mais da tua poesia porque todos nós precisamos de algo que nos faça sonhar e reconhecer o amor.
Um beijo com sabor a poesia.

Julio Teixeira disse...

Quero tomar também o vinho dessas uvas, com o perdão de ainda nem ter lido seus "Teus Beijos" que mal lhe passei os olhos por cima.
Mas as coisas têm brilho ou trevas...
Mas aqui dou uma pausa e vou ler...

Está vendo? eu não disse?
repito agora convicto de que "Quero tomar o vinhos dessas uvas!...
fraterno abraço
Júlio

Adriana Costa disse...

com tantas palavras doces, nem sinto os pés no chão!

beijos meu caro Arnaldo!

beijos meu caro Julio!

@}---