ALTERAÇÃO DO ENDEREÇO

terça-feira, 18 de maio de 2010

-" O amor em teu peito se petrificou "



O amor em teu peito se petrificou
não olha para trás
não se desfaz
mas não pulsa mais

não dizes mais certas palavrinhas
que eram os nossos mimos
não me chegam aos olhos
nada do que vai em teu pensamento

ainda falo de mim
e percebo que não te interessas
pareço um disco arranhado
no toca-discos em que
baixaste o volume

o amor deixou meu peito em carne viva
nossas carnes febris
que ficaram para trás
não se desfaz
e ainda pulsa.


∂є srtα α∂riαηα costα

3 comentários:

Arnaldo Norton disse...

Bonito e profundo como sempre.

Eliana Gerânio Honório disse...

Parabéns!

srtα α∂riαηα costα disse...

Flores em agradecimento para vocês, Arnaldo e Eliana. @}--